Sabe aquelas duvidas que surgem?

Preparamos algumas dicas para dúvidas que surgem na gestação, o preparo para a maternidade e cuidados com o bebê.

E necessário visitar a Maternidade antes do bebê nascer?

É o ideal, durante as consultas do pré-natal converse com seu médico e peça indicação de Hospital Maternidade, e antes do nascimento do bebê, entre em contato com o Hospital e solicite uma visita para conhecer a estrutura, as acomodações e os demais serviços, tire dúvidas sobre alojamento conjunto, horários de visitas e quantidade de pessoas por horário. Tirou todas as dúvidas? agora é só esperar a chegada do bebê.


Preparando a mala da mamãe

Está chegando a hora de arrumar a mala e o mais importante, não esquecer nada?

Anote tudo o que precisa levar para a maternidade, no dia seguinte leia a anotação e verá que faltou algo, acrescente e faça a releitura até o dia do preparo da mala, dessa forma as chances de esquecer alguma coisa é mínima. O que não pode faltar na sua mala.

– Camisolas de amamentação

– Sutiãs de amamentação

– Calcinhas de cintura alta de preferência de algodão

– Itens de higiene (sabonete, escova de dente, creme dental, fio dental, absorventes higiênicos, desodorante para axilas)

 – Chinelo de borracha

 – Roupas confortáveis (bata, vestido, calça e etc) sapato confortável e antiderrapante. 


Quais documentos e exames levar para a maternidade?

 Já preparou a mala? Então, organize os seguintes documentos: 

– Carteirinha do plano de saúde (convênio);

– Cartão SUS (se não tem, dirija-se a policlínica mais próxima de sua casa);

 – RG e CPF;

– Certidão de casamento (se casado) ou certidão de separação ou divórcio (necessário para o preenchimento do Documento de Nascidos Vivo – DNV, aquele documento que precisamos para registrar o bebê);

 – Cartão do pré-natal;

 – Plano de parto (elaborado no decorrer do pré-natal)  

 – Exames de laboratório realizados durante o último trimestre;

– Informe a equipe médica e de enfermagem, se faz algum tratamento de doença: exemplo: hipotireoidismo, hipertensão, diabetes e etc. Faz ou fez uso de medicamentos durante a gestação? quais. É alérgica a alimentos ou alguma medicação entre outros.

 Quanto mais informações a equipe de saúde, mais segurança para você e seu filho.


Preparando a mala do bebê 

Geralmente a mamãe e bebê ficam enternados de 2 a 3 dias. Uma das formas de vestirem seu bebê conforme sua escolha, é organizando os kits roupinha em saquinhos por dia. Exemplo: Kit 1º dia, Kit 2º dia e Kit 3º dia.

Kit1º e 2º – Hora do banho:

 – 1 body, 1 calça ou mijão, 1 macacão, 1 par de luvas e meias, touca se frio

 – 1 fralda descartável (geralmente tamanho recém-nascido)

 –  Kit escova e pente para bebê

Com os 3 kits montados, também é importante levar peças de roupas avulsas para o bebê. Exemplo: 2 body, 2 calças, 2 macacão, pares de luvas e meias. Levar 1 pacote pequeno de fralda descartável (tamanho RN),1 pacote de lenço  umedecido neutro,1 sabonete líquido neutro, 2 toalhas fraldas, aquelas que não machucam a pele do bebê, 4 toalhinhas de boca, 2 fraldas de pano, 2 mantas (durante as estações primavera e verão) e 1 manta e 1 coberto (durante as estações outono inverno). 

O Kit 3º contém a saída de maternidade, a roupinha escolhida com muito amor para sua princesa ou seu príncipe usar no dia da alta-hospitalar. 

OBS: Os hospitais geralmente disponibilizam algodão, cotonetes e álcool 70%, o importante é confirmar essa informação durante a visita prévia no Hospital Maternidade de escolha. Caso não disponibilize, acrescente esses itens na mala do seu bebê.


Primeiro banho do recém-nascido

A hora do banho do recém-nascido no ambiente hospitalar, dependerá do Protocolo definido pela equipe de Pediatria. Uma das considerações mais importantes na limpeza da pele do recém-nascido é a preservação do manto ácido da pele, que é formado na camada superior da epiderme contendo suor, gordura superficial, produtos metabólicos, líquido amniótico, micro-organismo, e esse manto ácido na pele do recém-nascido logo após o parto tem efeitos bacteriostáticos, por isso a importância do banho ser apenas com água morna e sabão com PH neutro. Além disso a hora do banho fornece à enfermeira uma oportunidade de envolver os pais no cuidado do recém-nascido, ensinar a temperatura adequada da água, procedimentos corretos de higiene, limpeza do coto umbilical, genitália e observar as características individuais do recém-nascido. 


Porque as fezes do bebê são tão escuras? É normal?

Sim, é normal! O mecônio (fezes do recém-nascido) é um liquido viscoso esverdeado composto por secreções gastrointestinais, bile, suco pancreático, muco, sangue, lanugo deglutido e vernix. Por isso a cor escura nos primeiros dias.


O bebê tem hora para mamar?

Nos primeiros dias a mamãe deve oferecer as mamas sempre que o bebê solicitar (livre demanda), além de oferecer muito carinho e aconchego. Conforme o bebê vai crescendo, ele cria seu próprio ritmo de mamada.


Já ouviu falar em doença hemorrágica do recém-nascido (HDN)?

A futura mamãe ingere vitamina K na alimentação durante a gestação, essa vitamina costuma passar pela placenta, mas nem sempre a quantidade é suficiente. O corpo tem baixa capacidade em armazenar essa vitamina e ela ajuda o sangue a coagular, por isso ao nascer é administrado a vitamina K no seu filho na maternidade, com o objetivo de prevenir a doença hemorrágica do recém-nascido. 


Quais vacinas são administradas na maternidade?

O recém-nascido deve receber, nas primeiras horas de vida, a vacina contra a hepatite B e a vacina contra a tuberculose (BCG). As demais vacinas, devem seguir conforme o Calendário Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, são gratuitas e estão disponíveis nas policlínicas da sua cidade.

OBS: Seu bebê nasceu prematuro? Consulte o Pediatra para orientações sobre o Calendário Nacional de Imunizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *